quinta-feira, março 30, 2017

#2 - FreeNas Corral - Storage com poderes especiais



Sobre


Venho apresentar aqui para vocês a mais nova versão do FreeNas,
o Corral entregue pela empresa iXsystems.

O motivo da mudança do nome é que a mesma já está integrando virtualização, seja em VMs ou Docker no mesmo core. Isso mesmo agora você pode fazer tudo em um único lugar.



Você também conta com uma interface web de última geração, com WebSocket e Layout top, tudo isso para gerenciar os recursos deste poderoso Storage. Na própria DashBoard é possível colocar gráficos monitorando o consumo dos discos, memória e placa de rede.


Dashboard com Gráficos



O mais legal é que ele também pode ser usado, como um servidor de Média com o software Plex Media Center, dentro de um Docker.

A ideia é simplesmente fantástica, para quem gosta de criar seus Media Center Caseiro e armazenar trocentos filmes.

Outra curiosidade legal, é que de acordo com a TimeLime do FreeNas, a versão Corral foi uma adaptação para o FreeNas 10, para integrar novos recursos citados anteriormente. Eles acompanharam a TimeLime do FreeBSD ( Sistema Unix ) garantindo assim uma boa segurança, hoje a versão Corral se baseia no FreeBSD 11



Timeline do FreeNas/FreeBSD



Vantagens


A instalação do FreeNas Corral é simples, basta baixar a iso e instalar, o sistema automaticamente reconhece os disco e pede para você informar o local de instalação.

Observação > Nas documentações, é sempre citado que o sistema operacional seja dentro de um PenDrive, pois a taxa de leitura/escrita é muito mais rápida em um FlashDisk, ainda mais que, o FreeNas consome poucos 1.1G após instalado.

Você agora pode escolher a categoria do seu Storage, se ele é para Virtualização, Media, Backup ou Performance.



Gerenciamento dos discos


Containers/Docker

Também como citado anteriormente, temos agora um menu com opções de virtualização, lá você pode gerenciar todas as suas necessidades sem sair do lugar.






Por lá você poderá gerenciar todos os seus contêineres entre outras necessidades.



Integração/Replicação - Peers 

Existe a opção "Peers" onde podemos configurar o Corral, para replicar as informações ZFS para um Slave, mantendo toda a empresa funcionando.
Há também a opção de integrar ele com o sistema S3 da Amazon, armazenando os arquivos nos Buckets, entre outras opções.



Tela do Peers para sincronismo


Console


Podemos também interagir com o FreeNas através do Console oferecido pela interface Web, através dela você pode usar os comandos básicos como "network interfaces re1 show" ou acessar o shell e convocar o bash, para comandos nativos do FreeBSD


Console Web





Segurança


O FreeNas sempre foi baseado em sistemas FreeBSD conforme mostrado na foto de timelime no tópico anteiror, isso sempre garantiu maior segurança para os seus clientes, e o sistema hoje utiliza o OpenZFS que já vem como opção desde a versão FreeNas 10, isso permite um gerenciamento automático dos blocos defeituosos, corrigindo ele sozinho, sem a necessidade do famoso 'fsck'.

Você também pode integrar o sistema de acesso do FreeNas com LDAP permitindo acesso dos funcionários através dos filtros, entre outras opções de acesso.




Autenticação




Você também conta com uma janela de agenda, onde você pode agendar tarefas de teste de disco ou binários informando o caminho deles.




Agendamento de tarefas


Placas de Rede LAGG


A parte mais importante na minha opinião é o recurso de LAGG ( Link Aggregation ) que é a soma de duas placas para suprir determinada necessidade do cliente.

A que estou adotando nos meus testes é a opção LoadBalance, que permite a redundância de carga entre as placas. Caso uma caia, a outra continua em pé, permitindo que os sistemas integrados ao FreeNas, consigam continuar se comunicando.

Inclusive em um dos meus testes, eu deixei montando um compartilhamento ISCSI com meu notebook e removi um dos cabos do servidor FreeNas durante uma transferência e a comunicação continuou normalmente.




Placas de rede para redundância 


Outra opção muito adotada no compartilhamento do FreeNas é o LACP.

O protoco LACP travou meu FreeNAS, impedindo a comunicação com o mesmo, tanto para gerenciar ele, quanto acesso ao ISCSI, mas pelo que estudei, isso é porque minha rede não aceita o protoco 802.3ad um novo protocolo de controle de agregação de links chamado LACP (Link Aggregate Control Protocol).

Neste caso, tive que adotar o método Load Balance mesmo, que atende a mesma lógica do protocolo LACP.

O segredo para a criação das placas LAGG é apenas ativar elas, e depois criar uma placa de rede LAGG e selecionar as interfaces, depois que montar a lagg0,
você configura ela com o que você precisa. O correto é sempre usar IP Fixo, lembrando que deve ser um número fora do range do seu DHCP evitando conflito de IP, fica a dica, e lembrando, o ip é na lagg0 e não nas placas que compõe ela.


Vídeos



Vídeo de apresentação do FreeNas Corral




Vídeo de apresentação do Média Center com FreeNas Corral






Fontes :

https://blog.butecopensource.org/a-zfs-parte-1/
https://download.freenas.org/Corral/RELEASE/ReleaseNotes.txt
https://wiki.freenas.org/index.php/FAQs:FreeNAS_Corral#How_does_FreeNAS_Corral_use_the_OpenZFS_file_system.3F
http://www.freenas.org/blog/introducing-freenas-corral-an-open-source-hyper-converged-storage-platform/
https://blog.butecopensource.org/a-zfs-parte-1/

Share:

0 comentários:

Postar um comentário